Compartilhe essa notícia

23 de novembro de 2009

Cantor teria tomado remédios para barrar desejo sexual por crianças





Reprodução/Mirror
As histórias por trás da vida agitada de Michael Jackson continuam ocupando as manchetes dos principais jornais do mundo - especialmente os sensacionalistas. Agora é a vez do britânico Mirror revelar, com exclusividade, um material sobre um médico que teria prescrito para o Rei do Pop um remédio para eliminar seu desejo sexual por crianças. A droga (Depo Provera), espécie de castração química, serviria para esfriar o apetite do cantor. O profissional em questão, Alimorad Farshchian, conheceu Michael em 2001 e declarou, na época, que estava tentando ajudá-lo. Esse mesmo médico diz que tentou acabar com a dependência que Michael sofria do analgésico Demerol.

Ian Barkley, um dos fotógrafos oficiais de Michael, que trabalhou com ele entre 2002 e 2006, disse que as pessoas que viviam perto do cantor achavam que alguma coisa estava errada. "Os adultos perto dele pensaram que alguma coisa inapropriada estava acontecendo quando eles ficavam todos na cama, dentro do cinema, no Rancho Neverland", disse ao jornal. Mas esse mesmo profissional afirmou que ninguém ousou dizer algo, já que Michael se achava com a mesma idade das crianças. "Eles eram amigos. Era assim que Michael sentia. Ele comprava coisas e dava goles de vinho para mostrar que eram todos do mesmo grupo. É difícil entender se você não estava lá".

Uma fonte próxima ao médico Farshchian disse que, realmente, Michael se enxergava como um adolescente - e não como um predador. E foi Farshchian que plantou a ideia de que existiam problemas, quando soube que as crianças dormiam com o cantor. Ele não acreditava necessariamente em abuso, mas achava que sentimentos inapropriados podiam existir.
Não está claro por quanto tempo Michael tomou as injeções de Depo Provera. Segundo o tablóide Mirror, o médico se negou, neste sábado (8), a falar sobre o caso e apenas declarou que sente orgulho em ter conhecido o cantor. "Quando soube que ele tinha morrido, foi o momento mais triste da minha vida". Michael Jackson faleceu no dia 25 de junho.

Fonte: MSN Entretenimento

O que tenho a dizer:

O melhor remédio para qualquer um se libertar do desejo sexual por crianças (propenso a um ato de pedofilia) seria um encontro real com o Senhor Jesus.

Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. João 8:36

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente essa matéria.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...